Presidente do Senado diz que ‘mercado não pode dirigir nação’

domingo, outubro 07, 2018



O presidente do Senado Federal, Eunício Oliveira, canditato à reeleição pelo MDB do Ceará, defendeu neste domingo (07/10), que a reforma da Previdência Social seja apreciada somente pelo próximo presidente da República e não imediatamente após as eleições. Segundo Eunício, o mercado não pode determinar os rumos da nação, mas sim o presidente eleito, que "tem de botar a cara".

Voce pode ler também

0 comentários