Tiririca, Romário, Frank Aguiar... Confira o desempenho dos famosos pelo Brasil nas eleições

domingo, outubro 07, 2018


 
Humorista cearense foi reeleito como quinto mais votado em SP. Ex-jogador da Seleção Brasileira não avança no RJ.


Cearense recebeu mais de 445 mil votos

Vários famosos disputaram cargos públicos nas eleições deste ano. Os resultados, no entanto, nem sempre refletiram nas urnas a popularidade das celebridadades nas ruas. Confira alguns nomes:

Tiririca (PR-SP): O humorista cearense foi reeleito para o cargo de deputado federal, sendo o quinto mais votado pelo estado de São Paulo, com 445 mil votos. Ficou bem longe da marca de 1 milhão de votos obtida em 2014.

Frank Aguiar (PRB-PI): Príncipe dos teclados, mas sapo das urnas. Concorrendo a uma vaga no Senado pelo estado do Piauí, o músico ficou apenas em quinto na disputa.

Romário (PODE-RJ): Ex-atacante da Seleção Brasileira, herói do Tetra na Copa do Mundo, mais de mil gols na carreira. Nada disso convenceu o eleitorado a elevar Romário à categoria de governador do estado do Rio de Janeiro. O 'Baixinho' ficou apenas em quarto lugar.

Dr. Rey - Dr. Hollywood (PRB-SP): O médico das estrelas obteve somente 0,06% dos votos válidos na tentativa de ocupar uma cadeira na Câmara Federal. Ele ainda conseguiu ficar à frente de nomes como Renata Banhara (PRB), Rodrigão do Vôlei (PSDB) e Batoré (PTB).

Alexandre Frota (PSL): O ex-ator de filmes pornô obteve 0,74% dos votos e ficou em 17º lugar dentre os candidatos a deputado federal.

Leila do Vôlei (PSB-DF): A ex-jogadora da Seleção Brasileira feminina de vôlei foi a primeira candidata eleita do País, às 18h10. Ela ocupará uma cadeira no Senado Federal.

Jorge Kajuru (PRP-GO): O apresentador de TV foi eleito para o Senado por Goiás com mais de 1,3 milhão de votos.

Maurren Maggi (PSB-SP): A ex-atleta olímpica ficou apenas em quinto lugar e não foi eleita ao Senado. Ela concorreu pelo estado de São Paulo.

Túlio Gadêlha (PDT-PE): O namorado de Fátima Bernardes ficou em 19ª lugar, com 1,75% dos votos válidos, na corrida por uma vaga de deputado federal pelo estado de Pernambuco.
 
 

Voce pode ler também

0 comentários