TRF-4 mantém pena de José Dirceu em oito anos

quinta-feira, novembro 29, 2018



A 8ª Turma do TRF4 - Tribunal Regional Federal da 4ª Região manteve a pena do ex-ministro José Dirceu em oito anos, 10 meses e 28 dias de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, mas aceitou recurso da defesa para esclarecer dúvidas sobre os motivos de os argumentos da apelação não terem sido acolhidas. 

Também foram mantidas as penas do irmão de Dirceu, Luiz Eduardo de Oliveira e Silva e do ex-diretor de Serviços da Petrobras, Renato de Souza Duque (o primeiro foi condenado a oito anos e nove meses de prisão e o segundo a seis anos e oito meses.

O desembargador João Pedro Gebran Neto havia votado, no caso de Palocci, pela redução da pena e concessão do benefício na primeira parte do julgamento, em 24 de outubro. Acabou seguido pelo colega Leandro Paulsen.

Voce pode ler também

0 comentários