De saída, diretor-geral da PF destaca ações contra políticos no STF

quarta-feira, dezembro 26, 2018



Em mensagem interna de fim de ano, o diretor-geral da Polícia Federal - PF, Rogério Galloro, exaltou as investigações "com especial foco no combate à corrupção e ao desvio de verbas públicas", registra o Estadão. Galloro também destacou o aumento no número de ações contra políticos perante o Supremo Tribunal Federal - STF

Em março, a Polícia Federal - PF formalizou a criação do Sinq (Serviço de Inquéritos Especiais), um grupo para investigar políticos. O atual chefe da PF será assessor especial do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) no governo Jair Messias Bolsonaro. Ele será substituído pelo delegado Maurício Valeixo, escolhido por Sérgio Moro.


Voce pode ler também

0 comentários