Peste suína do Ceará chega em Mossoró e porcos são sacrificados

quinta-feira, dezembro 06, 2018


Foram confirmados 03 focos de ‘peste suína’ no Estado do Ceará


O Estado do Ceará registrou quatro focos de Peste Suína Clássica (PSC) desde agosto de 2018, quando o primeiro caso foi encontrado no distrito de Mulungu, em Forquilha (a 215 quilômetros de Fortaleza). As autoridades sanitárias locais montaram uma força-tarefa para conter a propagação da doença. 

Os outros três focos foram encontrados em Groaíras, Santa Quitéria (municípios próximos) e um novo caso também em Forquilha. A peste suína clássica não atinge humanos, mas causa prejuízos para os produtores, pois os porcos precisam ser sacrificados para que o vírus, que é contagioso e causa alta mortalidade entre os suínos, não chegue a animais sadios. 

Portanto… 

Está proibido a entrada de suíno no Rio Grande do Norte. Os animais que forem aprendidos vindos do Ceará serão todos sacrificados como esses das fotos acima que foram mortos em Mossoró.


Voce pode ler também

0 comentários