PF investiga grupo de Cabral e Pezão por ‘propina do asfalto’

sábado, dezembro 01, 2018

Pezão chega à sede da PF — Foto: Mauro Pimentel/AFP


Segundo a Polícia Federal - PF, a organização criminosa liderada por Sérgio Cabral e Luiz Fernando Pezão cobrou propina até de contratos para levar asfaltos para as cidades fluminenses.

Diz O Globo:

"O repasse de recursos foi feito supostamente por sete empresas que venceram a disputa para tocarem o programa 'Asfalto na Porta', orçado em R$ 700 milhões". Ainda de acordo com a Polícia Federal - PF, cada empresa repassava 8% dos valores dos contratos.

Voce pode ler também

0 comentários