Justiça americana processa Huawei por roubo de segredos

quarta-feira, janeiro 30, 2019




A gigante tecnológica Huawei Technologies, empresa chinesa foi processada na terça-feira (29/01) pela Justiça dos Estados Unidos por roubo de segredos comerciais e violação de sansões ao Irã. A diretora financeira, Meng Wanzhou, filha do fundador, foi responsabilizada no processo. Ela foi presa o mês passado no Canadá por razões de segurança e luta contra um pedido de extradição do solo americano.

"Já em 2007, os empregados da Huawei Technologies mentiam a respeito das relações da empresa com a filial iraniana Skycom. Disseram aos bancos que a Huawei Technologies tinha vendido a participação na Skycom, mas essa afirmação era falsa. Na realidade, a Huawei Technologies vendeu a Skycom a ela própria", disse o procurador-geral dos Estados Unidos da América, Matthew Whitaker.

A empresa é acusada pelo governo americano de espionagem. Estados Unidos da América, Austrália e Nova Zelândia já baniram a empresa. Alemanha, Canadá e Reino Unido ponderam a questão. Huawei Mobile é o maior fabricante mundial de equipamentos para telecomunicação.


Voce pode ler também

0 comentários