Previdência fora das prioridades dos 100 dias

quarta-feira, janeiro 23, 2019




O governo não tem como prioridade aprovar a reforma da Previdência Social nos 100 primeiros dias do mandato de Jair Messias Bolsonaro, que vão se completar no início de abril de 2019. Nas metas para o período, divulgadas nesta quarta-feira (23/01), pela Casa Civil, não há qualquer menção ao tema.

O documento (baixe aqui) diz que na agenda "não estão necessariamente elencados os projetos considerados mais importantes pelo governo federal para mudar a realidade do Brasil, mas sim os projetos considerados prioritários nos 100 dias de governo". Questionado sobre a Previdência, Onyx Lorenzoni não fixou prazo para aprovar as novas regras.

 

Voce pode ler também

0 comentários