Propina de 1 milhão para Renan foi entregue a motorista de Milton Lyra, diz PGR

segunda-feira, janeiro 21, 2019



A Odebrecht pagou R$ 1 milhão para Renan Calheiros em 2012 por intermédio de um motorista do empresário Milton Lyra, considerado o operador do senador em esquemas de corrupção, segundo a Procuradoria Geral da Republica.

Segundo os procuradores responsáveis pelo caso, o valor foi entregue em espécie no dia 31 de maio daquele ano, como pagamento pela contribuição de Renan à aprovação no Senado de um projeto de interesse da Brasken, para pôr fim a incentivos fiscais a produtos importados.

Num pedido de busca e apreensão da Operação Armistício, realizada no final do ano passado, a a PGR identificou Fabio Brito Matos como responsável pelo recebimento do dinheiro na sede de empresas de Milton Lyra em São Paulo.
 

Voce pode ler também

0 comentários