Romeu Zema decreta calamidade pública após tragédia em Brumadinho

sábado, janeiro 26, 2019


Uma publicação extraordinária do Diário Oficial deve ser feita ainda neste sábado contemplando o decreto



O governador do Estado de Minas Gerais Romeu Zema recebeu a visita do Presidente da República Jair Messias Bolsonaro e decretou neste sábado (26/01), calamidade pública em Brumadinho, na região metropolitana de Belo Horizonte, após o rompimento da barragem da Mina do Feijão na cidade. O decreto autoriza a mobilização de todos os órgãos estaduais para atuarem sob coordenação da Defesa Civil e a convocação de voluntários para reforçar as ações propostas, além de facilitar e agilizar o recebimento de recursos do governo federal para assistir as vítimas da tragédia. 

Foi decretado também o luto oficial de três dias no Estado. "O trabalho continua incessante, na busca por sobreviventes, e estamos dando todo o apoio possível às famílias e moradores da região atingida. Neste primeiro momento, esta é a minha prioridade. Mas considero que tanto critérios estaduais quanto federais deverão ser revistos para que tragédias como essa não aconteçam nunca mais", disse o governador em pronunciamento. 


Fonte: Jornalista Lucas Henrique Gomes

Voce pode ler também

0 comentários